Blog de Vendas


Papai Noel


O velhinho andava pela rua pensando, passou numa casa simples e viu uma criança rindo, pediu para chamar sua mãe e ela veio, maltrapilha, triste, perguntou o que ele queria.

- Gostaria de saber se seu filho necessita de alguma coisa?

-Alguma coisa? disse ela pensativa. E logo respondeu; -Proteína, carboidrato e educação.

Assustado, o velhinho pensou, como uma mulher tão maltrapilha pode falar em carboidrato e não em comida!

Continuou suas andanças e viu um povo feliz, mas sem a menor chance de entender, pois como se pode ser feliz, sem ao menos ter as necessidades básicas.

Percebeu que o povo conhecia política, economia, bons termos, porém, este povo se vendia por qualquer migalha, acreditava em qualquer conversa e se convertia para o lado que mais lhe conviesse.

Não se conteve e resolveu investigar mais a fundo. Descobriu um país que tem uma das redes de televisão maiores do mundo, e outras tantas altamente influenciáveis, seja pela gestão religiosa, política ou econômica. Descobriu que daí sai os bons termos, o conhecimento limitado a cabeça de alguns e muitos seguidores, que mal sabem o que estão seguindo ou até falando.

Impressionado, voltou a sua casa e disse à sua grande turma de colaboradores; - Este ano temos que escolher um presente diferente para nossos queridos amigos brasileiros, especialmente àqueles para os pequeninos.

- Temos lá um país escorraçado, com uma corja de corruptos comandando um povo tão ou mais corrupto que eles. Disse o velhinho.

Pensou, pensou, .....

- Já sei! exclamou o velhinho.

- Vamos entregar um "neutralizer" para cada brasileiro, assim podemos começar de novo.

O neutralizer é aquele aparelho usado no filme Homens de Preto, para apagar a memória das pessoas.

- Para o reinício, vamos usar as pessoas de bom caráter, que existem, treinamos elas em ética, amor e dedicação a Deus.

- Só assim, este POBRE povo poderá se livrar das amarras que lhes foram conferidas.

- Sem influência de mídia, político ou coronelismo, somente com amor, ética e dedicação a Deus e ao próximo este povo poderá ser salvo.

Um duende, muito atento, interrompeu o velhinho e logo foi indagando; - Senhor, não seria melhor, se cada um carregasse seu fardo e o tempo ir mostrando como eles podem melhorar.

O velho respondeu; - Assim está sendo feito, mas eles estão cada dia se afundando mais, dependendo cada vez mais da ajuda do outro e ajudando cada vez menos.

Ele parou, sentou e logo uma lágrima escorreu dos seus olhos; - Queria tanto resolver as agruras deste povo com menos sofrimento, entregar à eles, uma máquina de rápida mudança, mas Deus poderia me punir por isso, afinal, fui escolhido para ser PAPAI NOEL, pela minha bondade e bom censo e não para atrapalhar o que ELE escreveu.

Deus é justo! Justiça não quer dizer bondade, e sim o que é certo, o que é merecido, sem excessos ou faltas.

- Meu duende querido, obrigado por me manter dentro das leis divinas e mesmo com dor no coração, lhes digo; Deem à eles amor, muito amor, pois só assim conseguiremos diminuir esta dor e mostrar o verdadeiro caminho da Felicidade.


 



Escrito por Vinicius Buschinelli às 16h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O NOSSO CONHECIMENTO x AS MENTIRAS


Cada dia mais o mundo conhece mais coisas e mais rápido.

Antigamente para se ter conhecimento era necessário procurar, pesquisar, investir tempo e dinheiro, com enciclopedias e bibliotecas. Hoje o conhecimento chega a nós quase que por osmose, todos tem acesso a tudo.

Segundo uma pesquisa, nosso conhecimento dobra de tamanho a cada 7 anos, e cada vez isto será mais rápido, em 2020 o conhecimento mundial se dobrará a cada 70 dias e em 2050 ele dobrará em 48horas.

Se você ainda não percebeu, repare como as mentiras estão cada vez "caindo" mais rápido, isto é fruto da informação e do conhecimento, daqui a alguns anos a mentira será revelada em poucas horas.

Alguns chamam isto de era da luz, outros de fim dos tempos, mas eu acredito que esta seja a era da verdade, em que Nosso Deus, transforma o mundo em verdades.

Então prepare-se, se usa de mentiras para vender, isto está com os dias contados, da mesma forma em sua vida pessoal.

Boas Vendas,

Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 11h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EMPREGABILIDADE


Qual funcionário é melhor?

Esta é uma pergunta difícil de responder, pois tem colaborador bonzinho e ineficiente, chato e eficiente, tem o eficaz, etc, mas falar qual é o pior, isto é fácil.

Pra mim, o pior colaborador é aquele que só pensa na sua "empregabilidade", aquele que sempre tenta uma solução para ficar bem com o mercado, com o patrão e na hora das decisões difícies, se esconde.

Não é tão fácil identificá-lo numa organização, mas saiba que na hora H, ele terá sumido, bem como perderá mais para sua empresa do que para ele como profissional. Geralmente este ser é bem visto no mercado, tem boas indicações e quem nunca o teve como subordinado o acha competente e facilitador, mas ....

O colaborador em questão é sempre lembrado por ações sem importância, parece um grande conhecedor do mercado que atua, fala bem e é bem relacionado, especialmente com seus concorrentes, a quem nunca atrapalha. Procura se informar com eles e conta vantagens de seus resultados, que quando negativos sempre tem um, ou alguns culpados!

Cuidado com estes monstros, eles estão enfronhados em todos os mercados e são seres perigosos.

Boas Vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 10h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A MODERNIDADE NA MESA


Ontem tive a oportunidade de ir à um restaurante muito interessante, que me parece uma ótima saída para o futuro, que requer, velocidade, presteza, pouca mão de obra e muito cliente.

Pense em um show de logística, aliado a alta tecnologia, isto foi o que vi e senti.

O restaurante está aberto há alguns meses, como fica dentro de um parque temático em Orlando, está sempre cheio. até as 14:30 serve um almoço leve, com lanches e pouca opção de pratos, depois disso serve o jantar até as 22:00 hora que o parque fecha, entretanto para o jantar só é servido com reserva, que está hoje com necessidade de 06 meses, isto mesmo, 06 meses de antecedência, para o almoço é só entrar na gigante fila e aguardar.

Pamem, o restaurante serve 2.500 pessoas ao mesmo tempo.

Você fica na fila, recebe o cardápio enquento aguarda, depois de um tempo entra no restaurante, seguindo uma nova fila, nesta tem cardápio eletrônico, explicando bem cada prato, chega a um atendente, que pergunta em quantas pessoas está, se vai pagar em dinheiro ou cartão e te entrega um objeto. Caso pague em cartão, você passa o objeto numa tela, escolhe o que quer comer e beber, passa o cartão e entra num dos 03 gigantes salões, se for pagar em dinheiro, tem um atendente que recebe seu pedido, pega o dinheiro e lhe dá o troco.

Dentro do salão, você escolhe onde quer sentar, sem ninguém te dizer ou indicar, nos cantos do salão tem as máquinas de refil das bebidas, caso tenha escolhido alguma especial é só se sentar e aguardar.

O garçom chega com um carrinho aquecido e a comida de todos que estão na mesa, provavelmente pelo gps, ou algo que o valha naquele objeto que te entregaram na entrada, entrega a comida e magicamente some.

A rotatividade, agilidade e presteza do restaurante são estarrecedoras.

Acredito que para uma refeição de alto luxo, o serviço pessoal ainda é mais interessante, mas para um grande público, com grande rotatividade, este tipo de atendimento é sensacional, prático e muito rápido, o futuro chegou.

Boas Vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 10h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




VIDA PARA O FILHO


A vida que os filhos vêem, é a vida que os país ensinam!

Para as crianças não existe verdade maior do que aquela que sai dos pais, seja ela falada ou vivida. Eles são aqueles que mostrarmos e sentem aquilo que passamos, principalmente na forma que vivemos.

Os medos, nada mais são do que nossos medos, os erros, os acertos, a educação, a bondade, a humildade, a barbárie, a arrogância, a ternura, até os desejos são os mesmos, na busca de mostrar aos pais que eles merecem sua atenção e respeito.

O amor entre os pais é fundamental para o crescimento saudável de um filho, se não trata bem seu par por vontade, trate por inteligência.

Boas vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 22h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COMOÇÃO GERA VENDAS


Como aqui falo de vendas, não posso deixar de analisar como as tragédias são vendedoras.

Sei que é forte falar isto, mas veja as televisões, rádios, até conversas de amigos, o assunto trágico gira mais rápido que qualquer outro, isto é muito deprimente.

O mundo todo se une nas tragédias, pois nos colocamos no lugar daqueles que estão sofrendo, a mídia se aproveita disto e aumenta o tempo das notícias, na tentativa de manter o público mais tempo ligado àquele meio de comunicação.

Só que nunca tente usar deste artifício para vender produtos que não são diretamente ligados as tragédias, porque as notícias desagradáveis geram desconforto e ninguém gosta de comprar quando está se sentindo pra baixo.

Deveríamos ser agentes de boas notícias, assim geraríamos em nossos clientes a vontade de estar conosco, isto é muito bom para vender.

Boas vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 11h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Reflexão ENTA


Acabei de entrar para o time dos ENTA, e fiquei pensando como é forte isto, até semana passada eu tinha 39 anos e já havia passado por algumas experiências interessantes, mas nunca algo definitivo.

Pensem; dos 0 aos 19 recebemos os super cuidados e temos uma segurança em nossos pais, na casa dos "INTE", a vida profissional se aflora e os desafios vêem, nesta hora queremos ser o maior do mundo, alcançar o topo, numa pressa monstruosa que atropela a tudo e a todos, criando inimizades, arrumando parceiros e na maioria dos casos s casando. Nos INTE eu tive grandes desafios, no esporte galguei altos postos, ganhei, perdi, caí, levantei, no dia que completei 21 anos assumi uma fábrica com quase 180 funcionários e no final dos INTE, este excesso de responsabilidade pesou. Veio a depressão, os remédios, a gordura no corpo. Vieram as alegrias, as glórias, a gravidez da minha esposa, o início profissional dela.

Na casa dos INTA, de 30 a 39 anos, o mundo já não é tão pequeno a ponto de tentar der o maior, as coisas se acomodam, os filhos chegam, os desejos mudam, e o amor aumenta, amor pela família, pelos amigos, pelos colegas, são poucas mas sérias as inimizades, o joio é separado do trigo, a água não combina com óleo. Anos de reflexão e forte mudanças. O corpo pede ajuda, o colesterol alto tem que ser controlado, inicio uma caminhada esportiva, golf, corrida, ski, wakeboard. Neste período percebemos se nossa escolha de parcerias deram certo, as que deram são valorizadas e queremos cada vez mais, as que não deram são eliminadas. Faço 2 maratonas e me preparo pra mais difícil delas, que infelizmente é cancelada na vespera da prova, decepções são absorvidas com mais naturalidade, o ritmo muda e o mundo se acelera.

Aí chega o tal do ENTA, que começa nos 40 e só termina nos CEM, isto mesmo 100!

Viram o porque do SUSTO, da necessidade de reflexão? Entrar nos 40 é razoavelmente fácil, mas sair....

Se a vida começa agora que seja linda, pura e bela, que os momentos estejam eternizados em ótimas memórias, que os desejos sinceros se realizem e que a segurança volte a cada dia com mais força. 

Dói saber que nos ENTA, quem não perdeu entes queridos vai perder, que as costas ficarão mais pesadas e os movimentos mais lentos.

Alegra saber que a idade nos traz conforto, sabedoria e tempo para amarmos, que seja eterno enquanto dure meus ENTA e que cada vez mais eu me apaixone!

Boas Vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 10h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




“Ofende os bons, quem poupa os maus”

Luiz Marins 

    Há um ditado latino que diz: “bonis nocet, qui malis parcit”.

            Esse ditado é repetido em vários países, em vários idiomas: “Who pardons the bad, injuries the good” na Inglaterra e nos Estados Unidos. “Chi perdona ai cattivi, nuoce ai buoni” na Itália; “Qui épagne le vice, fait tort à la vertu” na França; “Ofensa hace a los buenos el que a los malos perdona” na Espanha. Em nosso bom português é “Ofende os bons quem poupa (ou protege) os maus”.

            Veja quanta verdade está inserida neste ditado!

            Quando somos complacentes com quem não é bom, estamos, na verdade, ofendendo os que são verdadeiramente bons.

            Veja na empresa. Quando protegemos funcionários que não são comprometidos, que não buscam ser competentes, que não atendem bem, que não participam de nossa visão e nossas crenças, estamos, na verdade, punindo os bons, aqueles que são comprometidos, que são competentes, que atendem bem, que compartilham de nossa visão e nossas crenças. É ou não verdade?

            Quando um chefe vê um erro ou um trabalho mal feito e não chama a atenção do subordinado, está na verdade ofendendo quem faz bem feito e luta para se aperfeiçoar todos os dias.

            Quando um funcionário atende mal a um cliente e não é chamado a atenção ou punido pelo seu chefe, esse chefe está na verdade, indiretamente, punindo quem faz todo o esforço para atender bem os clientes.

            E nada é mais desmotivador para um funcionário do que a injustiça de ver pessoas erradas sendo tratadas da mesma forma que pessoas certas. Nada é mais desmotivador do que vermos pessoas desonestas sendo tratadas da mesma forma que as honestas. Nada é mais desmotivador do que a injustiça e a impunidade.

            Da mesma forma é com os clientes. Ofende os bons clientes, a empresa que não faz diferença entre os bons e os maus e trata os maus da mesma forma que os bons. Clientes que não pagam em dia, que não seguem as instruções de uso de nossos produtos, não podem ser tratados da mesma forma que os que são realmente comprometidos com o nosso sucesso como empresa. 

            Um dos grandes problemas do Brasil, dizem os jornais e revistas, é a impunidade. Quem faz o certo sente-se injuriado ao ver a impunidade. Assim, os que pagam seus impostos em dia são zombados pelos que não pagam, na certeza de uma anistia fiscal. Os que chegam aos compromissos no horário marcado sentem-se tolos, ao verem que o horário respeitado é o dos que chegam meia hora atrasado. Os organizadores do evento ainda têm a petulância de dizer: “Vamos demorar mais meia horinha (sic) para começar porque muitos convidados ainda não chegaram...”.  Quem respeita as leis do trânsito fica revoltado ao ver os que desrespeitam o fazerem na frente de um policial, e nada acontecer.  Isso sem falar nos corruptos soltos. Nos traficantes soltos. Nos pichadores do patrimônio histórico que são elogiados como “grafiteiros”, etc.

            Anestesiado por tanta impunidade, como se sente o brasileiro?

            Lembre-se: “Ofende os bons, quem poupa os maus”.

            Faça um exame de consciência e veja se você também não está cometendo essa injustiça



Escrito por Vinicius Buschinelli às 11h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Já que continuamos aqui...

Gostaria de te desejar tantas coisa. Mas nada seria suficiente. Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes. E que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua felicidade! Carlos Drumond de Andrade.

Feliz 2013 à todos os vendedores do mundo!

Até 2013!



Escrito por Vinicius Buschinelli às 22h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ANTES QUE O MUNDO ACABE, VAI UMA SUGESTÃO DE VENDA.


Toda vez que estiver numa negociação, se apresente, apresente seu produto, seu ponto de vista, mas sempre em parcelas curtas e objetivas e principalmente, se cale!

O silêncio faz o outro falar, assim fica mais fácil, pois o outro lado se abre e te dá todas as informações para que lucre ou no mínimo feche a negociação.

Esta é a melhor técnica de vendas do mundo.

Boas vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 16h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mercado de Material de Construção


Ontem tive a oportunidade de visitar grandes Clientes e concluir uma pesquisa que iniciei no meio do ano, é impressionante a variação que existiu neste ano de 2012.

O ano começou com o mercado bem parado e pirou de uma forma assustadora, especialmente o canal de engenharia. Com algumas alterações vindas como incentivo do governo o mercado começou a reagir, mas ficou oscilando até o mês de setembro, onde entrou em alta e voltou a variar apenas no final de novembro.

O interessante é que o consumidor final está comprando apenas nos momentos de boas promoções, clientes que estão esperando, sem atuar para chamar o cliente, ficaram para tráz e perderam participação.

Como era previsto o mercado comprador de cerâmica, especialmente no canal revenda, procura a cada dia mais produtos de maior valor agregado, buscando assim diminuir os espaços e aumentar o faturamento, com vários clientes aumentando a comissão das vendas para produtos de maior valor.

O grande erro que eu vejo, é que algumas revendas usam como referencial o processo de fabricação e não os valores ou diferencias de produto, com isso confundem o consumidor e colocam em risco a galinha dos ovos de ouro da própria revenda, assim os produtores de baixo custo migram a cada dia mais para uma super pulverização e melhoram a logística de distribuição, colocando o negócio das médias e principalmente grandes revendas em cheque, o que deixa o futuro preocupante.

Para nós vendedores é importante conhecer o mercado e perceber os movimentos sutis ou não, só assim podemos nos preparar e estar um passo à frente do mercado.

Boas Vendas e não esqueça que o mercado não para, nem pra Natal, Reveillon, Férias, etc, quem está no mercado vai achar oportunidades e receber o respeito dos seus clientes que lá estão.

Vinicius

 



Escrito por Vinicius Buschinelli às 09h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Meus últimos posts foram homenagens a pessoas que amo, como já escrevi aqui algumas vezes, o maior trunfo do vendedor é o AMOR, quem ama o Cliente vende mais facilmente e se o Cliente te ama, aí é bola na cesta!

Ame o que faça e aqueles que fazem com e por você, suas vendas serao mais fáceis e seus resultados impressionantemente positivos.

Boas Vendas,


Vinicius

 



Escrito por Vinicius Buschinelli às 09h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Minha arquiteta;

Dizem que Deus foi o Grande Arquiteto do Universo, tal a força que tem esta denominação, sei de sua imensa força, garra e talento, que muitas vezes expressa em seus projetos, mas sempre expressa em seu viver.

Você projeta nossa vida com amor, respeito, carinho e alegria e nos transforma a cada dia em seres maiores e mais fortes, que se não fosse pelos exemplares pilares que projetou não aguentaríamos, tamanho é nosso orgulho.

Parabéns pelo seu dia e continue sempre projetando o mais belo futuro daqueles que te rodeiam!

Feliz dia dos engenheiros e arquitetos!

Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 14h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MINHA VIDA

A chance de ganhar na mega sena sozinho é de 1 para 50.000.000 de apostadores, porém a chance de ter nascido filho de meu pai e minha mãe, foi de 1 para 2.400.000.000 de habitantes do planeta, contando que em 1973 estes representavam 60% dos 4.000.000.000 de habitantes naquela época.

Sou muito mais sortudo que qualquer ganhador da loteria e de qualquer pessoa do planeta, a exceção fica por conta dos meus 3 maravilhosos irmãos.

Não sei o que acontece antes de nascermos, mas se tive a oportunidade de escolha, garanto que sou um gênio.

Neste ano que se finda penso em como meus pais são maravilhosos, assim como meus avós que os criaram tão bem, eu e meus irmãos sempre tivemos à frente do nosso tempo, aprendemos que a vida deve ser vivida, brindada e que caráter não se escolhe, se molda a valores fortes e seguros.

Somos viajados, cultos e sabemos criar nossos filhos, mesmo que muitas vezes em nossa infância ouvíssemos críticas de que não saíamos da barra da saia de minha mãe, que deveríamos estudar no exterior, ter MBA, ser PHD nisso ou naquilo, porém, poucos percebiam que nossa criação foi baseada em exemplos de vida e de viver.

Como sempre ouvi em casa, faça o que quiser, mas faça bem feito e seja o melhor, não para os outros, mas para você!

Aprendi que mais importante do que se formar em Harvard é poder dar uma infância feliz para meus filhos e tê-los perto de mim. Que mais delicioso do que ter malas de dinheiro é saber apreciar um bom vinho em um local especial. Que mais esplendoroso do que ter uma mansão é ter um lar onde se quer estar.

Saber receber amigos, dar presentes, abrir mão de um punhado de coisa para ver o outro bem, ser solidário, aprender e ensinar, rir e chorar, sempre junto com aqueles que ama.

Se fosse escrever tudo o que aprendi com meus pais teria que ter muito papel na impressora, mas se puder reunir tudo em apenas uma palavra seria fácil, AMOR!

Pai e Mãe, eu amo vocês, muito obrigado por me transformarem na pessoa mais feliz do mundo e super obrigado por ficar sempre ao meu lado.

 

Vinicius

Dezembro de 2012.



Escrito por Vinicius Buschinelli às 17h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SOMOS O QUE PENSAMOS

 

A força de nosso pensamento é nossa força real, nosso mundo se passa dentro de nosso cerebro e se cuidarmos bem dele teremos uma enorme chance de ser feliz!

Para se ter pensamento positivo temos que aprender a apreciar o belo, fazer o bem e ser natural.

O nosso inconsciente está pronto para a tomada de decisões baseadas em nossos instintos e experiências passadas.

Seja mais e boas vendas,


Vinicius



Escrito por Vinicius Buschinelli às 11h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 36 a 45 anos
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Buschinelli
Votação
  Dê uma nota para meu blog